Ao fundo de uma das ruas da Herdade da Aroeira, um lote triangular que se alarga a partir do acesso, margina um caminho pedonal e abre-se sobre o relvado do golf.
O terreno é plano. Os pinheiros criam uma trama irregular. Quis-se preservar a densidade das árvores e a horizontalidade do território.
A casa estende-se ao longo do caminho pedonal e o acesso principal, que lhe é paralelo, estrutura um eixo.
Um outro eixo cruza-se com aquele, desenvolvendo aí o corpo dos quartos.
Sobre estes dois eixos agrupam-se os volumes que definem a casa: os espaços entre eles são pátios que enquadram e definem a relação com a paisagem.

COORDENAÇÃO

Rui Reis Alves

Teresa Belo Rodeia

EQUIPA

arquitetura

Miguel Perdigão
Márcia Serafim

ESPECIALIDADES

Estrutura - Nuno Sousa
Águas - Alcides Colaço, EPO lda
Esgotos - Alcides Colaço, EPO lda

CLIENTE

Particular

CONSTRUTORA

Administração directa

FOTOGRAFIA

José Miguel Figueiredo

Casa na Aroeira, Almada

1998 - 2000